Noite de versos de saudades em Brasília

O poeta Rafael Fritsch Walendorff lança livro de poesias que retratam a história, vida do homem campeiro deste planalto central. Com forte influência tradicionalista, pois seus pais já estão no meio há vários anos, o poeta da alma revela a grandeza do amor a uma gente, um estado e uma vida repleta, claro de saudade. “Contam, meus pais,  que começaram a namorar em uma das primeiras Semanas Farroupilhas do CTG Sinuelo da Saudade, lá por 1983″.
Escrever nos aproxima dos anjos e assim é Rafael. Poeta jovem, corajoso e com vibra dos grandes. “A primeira poesia gauchesca escrevi em 2007. E foi nesse ano que comecei a participar dos rodeios da FTG-PC declamando e apresentando composições inéditas”
Ao conversar com o poeta percebe-se que ele é simples, ,muito humano e nem um pouco vaidoso da missão que tem. Sim ser poeta é ter a grande missão de levar afago e animo aos corações das pessoas. “Me baseio em coisas simples. Como nunca morei no RS, boto em minhas poesias uma visão de quem viu gaúchos orgulhosos de sua tradição a perpetuando em um distante rincão. Coloco coisas que aprendo com os campeiros daqui, mas também sentimentos comuns a todos, rurais ou urbanos, coisas do campo e coisas do coração. E posso dizer que gosto de contar muitas histórias em minhas poesias. Até por isso muitas são extensas. Coloco personagens, reais e fictícios, em enredos que também mesclam realidade e invenção. Tenho poesias sobre meu bisavô (um autêntico gaúcho), amigos que já faleceram e outros que acompanham as gauchadas, outras que falam de sentimentos, paixões, e uma em especial que conta a história do PAD-DF.”
Fica o convite para quem desejar sentir a alma:
Data: 22 de fevereiro
Horário: 20:00
Local: CTG Sinuelo da Saudade
E ainda poderá ouvir e apreciar a excelente música do Rio Grande com o interprete consagrado Jorge Marino.
O coração te espera e o Sinuelo abre cancha para Rafael – o poeta da alma
Scroll To Top